Dicas para fortalecer corpo e mente na pandemia

Fortalecer o corpo e a mente é uma ideia ótima para qualquer pessoa, em qualquer idade! Quando se trata de um momento histórico em que vivemos uma pandemia, estas formas de autocuidado tornam-se ainda mais necessárias. 

Foi pensando nisso que produzimos este artigo junto ao nosso Psicólogo, Lucas Simião. O objetivo é apresentar a vocês alguns passos essenciais rumo ao bem-estar biopsicossocial (isto é, facilitar o processo rumo a um bem-estar geral que envolve todas nossas esferas).  

Abaixo, falaremos mais sobre boas práticas no quesito saúde. Acompanhe a leitura!  

Resiliência 

Conforme Lucas explica, “resiliência” é o nome dado à capacidade de alguém de se adaptar bem a uma situação causadora de estresse, retornando rapidamente ao seu estado de calmaria antes de tal situação ocorrer.  

Não se trata de “não viver o estresse”, mas, sim, de saber lidar com ele e contorná-lo rapidamente, buscando agir e gerar soluções ao problema ocorrido, ele ressalta. Essa habilidade é muito procurada em profissionais de diversas áreas e pode ter um valor excelente nos momentos de crise.  

Nosso psicólogo ainda nos lembra: a resiliência não se trata de uma característica imutável da personalidade dos indivíduos, ela pode e deve ser treinada! Assim, também construindo uma relação de maior autoestima e consciência para com nós mesmos.  

Exercícios físicos 

Os exercícios físicos são ótimos para a saúde do corpo. Afinal, eles diminuem os riscos para diabetes, doenças cardíacas, alguns tipos de câncer, entre outras doenças. Além de todos estes benefícios ao organismo, temos também as melhorias para a mente. 

Os esportes são responsáveis por fornecer, entre outras substâncias, a endorfina. Conhecida como “hormônio do bem-estar”, ela nos traz a sensação de leveza e satisfação o que tem reflexos até mesmo em nossa autoestima, comenta Lucas.  

Segundo recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) em sua página “Stay physically active during sefl-quarantine”  disponível na web, as atividades físicas devem manter-se presentes mesmo durante o período de isolamento.  

Portanto, você pode investir nas atividades indoor como, pular corda, dançar, fazer ioga, subir e descer pelas escadas, entre outros. Aplicativos voltados para o esporte e videoaulas também são ótimas dicas. 

Sono regulado 

O sono é uma necessidade fisiológica que deve receber nossa atenção e carinho. Ele é responsável reparar nosso corpo e mente, trazendo a energia necessária para encarar o novo dia com disposição (quando está regulado).  

Já quando o sono não vai bem, podemos nos sentir cansados e sonolentos durante o dia, assim como, ficarmos irritadiços. O que dificulta a lida com o estresse e, consequentemente, enfraquece nossa resiliência.  
 
Para termos uma boa rotina na hora de dormir, Lucas indica a higiene do sono, algumas boas práticas que auxiliam relaxar: 

  • Antes de dormir, deite-se e ouça uma música calma, tome um banho morno ou faça uma meditação etc. 
  • Evite assistir a telas (televisão, computador, celular, tablet) pouco antes de se deitar; 
  •  Mantenha um horário mais ou menos fixo para acordar e ir dormir; 
  • Pratique exercícios regularmente durante o dia; 
  • Faça algo leve para a última refeição do dia. 

Alimentação balanceada


Outra dica fundamental que nosso psicólogo Lucas Simião nos orienta é a alimentação bem diversificada e balanceada. Assim, estaremos obtendo uma parcela maior de nutrientes, vitaminas e minerais dos mais diversos tipos. 

O ideal é que tenhamos pelo menos 5 refeições por dia, incluindo alimentos frescos, frutas, cereais e alimentos integrais. Também é importante atentar-se ao consumo de água, que, é de aproximadamente 2 litros por dia para pessoas adultas. 

Espiritualidade  


Por fim, Lucas completa as dicas com outro ponto importante para o bem-estar integral: a espiritualidade. Em nossa vida, estamos sempre enfrentando incertezas e, neste momento tão atípico, elas podem aflorar com mais força ainda. Daí a importância de praticarmos esse âmbito espiritual.  

A espiritualidade tem um papel de “cura” que não é meramente físico. Pelo contrário, quando atravessamos uma doença incurável não devemos nos apegar a tal cura física (que, neste exemplo, sequer existe). Por outro lado, nós podemos ser curados em outras dimensões, como a espiritual, a intrapessoal, podemos praticar o perdão, a empatia e a compaixão. 

Todo esse modo de entender a espiritualidade e a cura fazem parte do ponto de vista defendido pela Medicina Integrativa, nos explica o psicólogo. 

Na Nefroclínica, estamos sempre trabalhando para oferecer conforto e acolhimento para nossos pacientes. Tudo isso faz parte de nosso ideal de Humanização. 

Desejamos a todos que as vivências da pandemia sejam leves conforme possível. E que estas dicas realmente possam os ajudar. 

Outras Notícias: