Como diminuir o sal na alimentação sem perder o sabor

 
O sódio é um dos vilões das doenças renais, aprenda algumas formas de diminuir a quantidade de sal nos alimentos. 

O sal é uma substância necessária ao organismo humano. Ele é responsável por facilitar a produção de energia, auxiliar nos movimentos do intestino durante a digestão e manter o balanço dos nutrientes e água dentro das células, claro, quando consumido na quantidade ideal. 

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), essa quantidade ideal de sal é de, no máximo, 5 gramas por dia, o que corresponde a uma pitada e só. O problema é que, o brasileiro consome, em média 9,34g como aponta estudos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). 

Mas afinal, como esse excesso nos afeta? Leia este artigo e saiba mais respostas! 

Sódio, um vilão para os rins 

O excesso de sal pode acometer os rins de diversas maneiras, seja criando cálculos renais, seja aumentando a pressão arterial (o que, consequentemente sobrecarrega os rins). 

O processo que ocorre, de forma simplificada, é o seguinte: 

 –  Nós nos alimentamos, o alimento chega até o intestino e se inicia a quebra das moléculas para a seguinte absorção dos nutrientes; 

  • Os nutrientes são levados para a corrente sanguínea. Quando o alimento contém muito sal, devido ao grande potencial osmótico do sódio, os rins não conseguem retirar totalmente este sal do organismo humano, e, mais uma vez, uma grande parcela deste sal retorna ao organismo; 
  • Entre essas idas e vindas, os rins acumulam estes excessos de impurezas e assim, entre outros processos, se iniciam os cálculos renais. 

Saiba mais sobre o excesso de sódio e a hipertensão logo abaixo. 

Sal, pressão alta e doença renal 

O sal, quando consumido em excesso também é um agravante para a hipertensão (pressão alta). Na realidade, a hipertensão pode ser, tanto uma causa, quanto uma consequência das doenças nos rins. Isso acontece como uma via de mão dupla. 

O coração é o órgão responsável pelo bombeamento sanguíneo. Com o fluxo sanguíneo circulando com mais força e velocidade, é comum que os vasos sofram pequenas lesões. Os vasos sanguíneos que passam pelos rins também sofrem este impacto, por isso, é possível que, quem tem a hipertensão desenvolva alguma doença renal.  

Saiba mais sobre esta relação em nosso artigo Pressão Alta e Diabetes – relação com a Doença Renal Crônica

Menos sódio, mais saúde e sabor  

Algumas alternativas para reduzir a quantidade de sal, manter a saúde e o sabor das refeições são receitas de sal de ervas, troca de temperos industrializados por temperos naturais e consumo de alimentos que substituem o sal nos pratos. Confira algumas dicas e receitas! 

  • Evite sempre os alimentos ultra processados como salgadinhos, refrigerantes, bolachas recheadas; 
  • Dê preferência aos temperos naturais, evitando usar sachês prontos, caldos, entre outros. Estes produtos já contêm altas quantidades de sódio; 
  • Dica bônus: evite levar o saleiro até a mesa, é uma atitude simples, mas efetiva. 

Receitas 

Selecionamos algumas receitas de Sal de Ervas com ingredientes simples para você, já anote tudo! 

Manjericão 

1 xícara (chá) de sal grosso 

1 xícara (chá) de orégano 

1 xícara (chá) de alecrim 

1 xícara (chá) de estragão 

Salsinha 

2 colheres (sopa) orégano 

2 colheres (sopa) manjericão 

2 colheres (sopa) alecrim 

2 colheres (sopa) salsa desidratada 

4 colheres de sal (marinho ou light) 

 Limão 

1 colher (chá) de manjericão 

1 colher (chá) de orégano 

1 colher (chá) de raspas da casca do limão 

4 colheres de sal (marinho ou light) 

Modo de preparo 

Para todas estas receitas você deverá bater os ingredientes no liquidificador, reservar em um pote com tampa e deixá-lo em temperatura ambiente.  

Por fim, recomendamos a todos que mantenham suas consultas médicas em dia, estejam sempre atentos aos níveis de sódio nos exames e, preferencialmente, consulte seu nutricionista! 

Para contatar a Nefroclínica basta acessar  nosso canal Fale Conosco  ou ligar para (62) 3251-1911 . 

Outras Notícias: